quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Castiçal para velas em mosaico com estilo marroquino


Fonte: Vila do artesão.


Castiçal de mosaico em estilo marroquinho

Pessoas queridas, mais uma vez aliei o mosaico à reutilização.

Material para fazer um castiçal de mosaicoHá muito tempo guardei esta peça de madeira, que era de minha mãe. Ela possui dois círculos vazados, e eu achei interessante.
Um belo dia, olhando para uns vidros de patê, tive a idéia de fazer um suporte para velas. Para noooossa alegria, os vidrinhos couberam perfeitamente nos vãos.
Separei tudo e deixei no canto de coisas que farei um dia, e por lá estas peças ficaram, até a semana passada!

Para este mosaico, pensei em pastilhas mais translúcidas. Com as velas acesas, o efeito fica maravilhoso!
Ganhei muitas pastilhas madrepérola de uma amiga. Elas são lindas e super transparentes. Resolvi utilizá-las, já pensando no efeito final. Tive que segurar minha ansiedade!

Como estas pastilhas são menores que as que geralmente uso, medindo 15 x 15 mm (as que uso medem 20 x 20 mm), resolvi trabalhar com elas inteiras.
Se você for usar pastilhas maiores, corte-as em 4 quadradinhos.
Pastilhas de tamanhos diferentes devem ser ajustadas

Eles não precisam ficar iguais. Se preferir, você pode trabalhar com cacos irregulares. Tudo depende de seu gosto e do resultado que deseja alcançar.
Para aprender o modo certo de cortar pastilhas de vidro, clique AQUI e assista ao vídeo.
O mosaico que ensinarei hoje serve para qualquer tipo de vidro. Você pode fazer em copos de requeijão, garrafas e em outras peças. Os copos de vidro podem virar porta-velas ou porta trecos, por exemplo. Tudo depende de sua necessidade e inspiração.
As garrafas guardadas podem transformar-se em lindos vasos. São infinitas possibilidades.
Nos mosaicos feitos em vidro, utilizaremos o silicone para colar as pastilhas. E por que não a cola?
A cola não segura as pastilhas em superfícies verticais. Elas escorregam. O silicone segura. Em superfícies horizontais, você pode utilizar a cola branca para colar as pastilhas no vidro, mas ela demora bem mais para secar. O silicone seca bem mais rápido, e não há perigo de as pastilhas saírem do lugar.
Eu utilizo o silicone da Tekbond, que é perfeito, mas há outras marcas no mercado, é só pesquisar em lojas de artesanato e de materiais para construção.

Aplique silicone no vidroEu apliquei uma gota de silicone na pastilha e colei no vidro, mas logo percebi que era possível fazer uma linha com o silicone e colar mais pastilhas. Assim, otimizei meu tempo.
Não exagere no silicone, senão ele vaza e fica uma meleca. 
Sempre faça o mosaico alinhado às bordas da peça.Cole a linha de pastilhas alinhada
Fiz o mosaico em linhasFiz o mosaico por fileiras, pois decidi usar pastilhas retas.
Se o mosaico fosse feito com cacos, poderia passar o silicone em partes do vidro e colar as peças aos poucos, como expliquei no post do porta-chaves. Clique para relembrar.
Se, quando você pressionar as pastilhas no vidro, o silicone vazar, retire o excesso com um clips, para que este silicone não preencha o espaço que será coberto com o rejunte.
Se você deixar excesso de silicone, o rejunte não penetrará nos vãos, e o trabalho ficará mal acabado.
Depois de pronto o mosaico, espere secar por 24 horas.
Limpe o excesso de silicone
No dia seguinte aplique rejunteNo dia seguinte aplique o rejunte. 
Preencha os vãos da borda com o dedo.Preencha os vãos da borda
Repita no fundo do vidroRepita na parte de baixo do vidro. 
Limpe com a estopa logo em seguida. Não espere muito, pois depois fica mais difícil de limpar. Limpe o excesso de rejunte com uma estopa

Depois de bem seco vem a aplicação de verniz acrílico, lembrando que ele deve ficar apenas no rejunte. Ele deve ser retirado das pastilhas com uma estopa, logo após sua aplicação.
Para entender melhor o porquê dessa etapa, clique e relembre a explicação no post da bandeja.

Pinte o suporte de madeira do castiçal

Pintei a peça de madeira num estilo meio indiano, que era exatamente o que eu queria, para combinar com as pastilhas madrepérola. Amei o resultado!
Ela fica linda ao natural, e mais bela ainda com as velas acesas, que produzem um efeito maravilhoso nas pastilhas.

Detalhe do castiçal de mosaico aceso

Este ar místico que obtive como resultado, e que era o que eu planejava, me encantou.
Espero que vocês gostem deste passo a passo, e que se inspirem para criar seus trabalhos em mosaico.

Vero Kraemer nossa professora de técnicas de mosaico
Sou a Vero Kraemer colunista sobre mosaicos para a Vila do Artesão.
Visitem o Além da Rua Atelier e conheçam todo o meu trabalho.