sábado, 13 de outubro de 2012

Bandeja com mosaico de pastilhas de vidro

Fonte: Link to Artesanato e Decoração - Vila do Artesão






Bandeja decorada com mosaico de pastilhas de vidro

Separe uma peça de bandeja em MDF e pastilhas de vidro nas cores que escolher para seu desenho.
Pinte a bandeja com uma base
Pintura da peça de madeira
Primeiramente, pintaremos as laterais da madeira com tinta PVA branca.


Fazer o desenho
O desenho deve ser feito a lápis. Não faça nada muito pequeno, se você é iniciante na arte do mosaico, pois os desenhos pequenos são bem mais complicados para serem feitos em mosaico.

Faça seu desenho na base da bandeja
Conforme você for treinando, conseguirá fazer desenhos menores com mais facilidade 
O desenho deve ser feito com lápis, pois, se você errar ou não gostar, pode apagar e refazer tudo.  Se você não sabe desenhar, use moldes. Há muitos riscos disponíveis na internet. Você pode também fazer algo abstrato, ou utilizar apenas cores misturadas.

Depois que você fizer um desenho que lhe agrade, contorne com a caneta, para que os traços fiquem mais visíveis.

Escolher as cores do mosaico
Para esta bandeja, escolhi as cores vermelho, amarelo, verde e branco.
Para descolar as pastilhas da placa, deixe-as em um balde com água, por aproximadamente 30 minutos. Depois de soltas, seque-as com uma toalha, e separe-as por cores, para facilitar seu trabalho.


A cola, que vem num tubo grande, foi colocada num frasco com bico mais fino. Eu uso um tubo de tinta para cabelo.
Como este mosaico é feito com cacos de pastilhas de vidro, usaremos a torques com roldanas, que proporciona um corte preciso.
O clips é minha pinça! Como disse a vocês, não me adaptei à pinça, e logo mostrarei como vocês usarão a pinça, ou um clips.
Escolha as cores para seu trabalho de mosaico

O mosaico
Comece sempre pelos desenhos, deixando o fundo para o final. Nos desenhos, a primeira parte a ser feita são os contornos. É muito importante que os contornos sejam perfeitos e sem espaços entre os cacos, para que o trabalho final fique impecável e sem falhas. 
A parte de dentro pode e deve ter espaços (pequenos), que serão preenchidos depois com o rejunte.
Corte a pastilha para o miolo da flor
Nas flores, sempre começo pelo miolo, que faço inteiro, com uma única pastilha.
A pastilha deve ser arredondada, cortando-se somente as pontas e algumas sobras. Os pedaços cortados são muito pequenos, e não terão utilidade depois.

A cola deve ser usada sem exageros. Se houver excessos, os dedos ficam cheios de cola, grudam nas pastilhas, e vira uma meleca.
Cole primeiro o miolo das flores

Para cortes precisos use a torques com roldanas
No começo, parece difícil manusear a torquês, mas depois que você entende e se adapta, fica cada vez mais fácil. 

Nos desenhos, as pastilhas são cortadas em tamanhos bem pequenos. Muitas se perdem, pois não ficam mais planas, e devem ser jogadas fora. Quando não existia a torques com roldanas, era muito mais difícil, pois as pastilhas estilhaçavam, e muito mais se perdia.
Minha vida mudou depois que descobri a torques com roldanas!

Corte muitos pedaços de pastilhas para montar seu mosaico
Para os desenhos, nesse caso as pétalas, cortaremos algumas pastilhas vermelhas em vários pedaços pequenos: quadrados, triângulos, entre outros formatos, que se encaixarão, formando o mosaico.

Muita calma nessa hora! Treine bastante, não se desespere, e você conseguirá!
Corte muitas pastilhas, e descubra seu melhor modo tanto de cortar quanto de montar os desenhos. A minha forma de trabalhar não é necessariamente a sua, e por isto existem tantos mosaicos diferentes e maravilhosos.

É importante observar que as pastilhas têm um lado bem liso, que é o que deve aparecer, ou seja, ficar para cima. O lado que tem ranhuras é o que deve ser colado. Observem que o resultado final do mosaico é sempre liso, plano.

Aplique cola sem exageros
Comece passando uma linha de cola, dentro do desenho, sem atingir o contorno. 


Cole os cacos bem próximos, para que o contorno fique perfeito. Cubra a linha do contorno com os cacos, mas não a ultrapasse. Ela é a base de seu desenho.
Preencha o desenho respeitando o contorno

Complete cada parte de uma vez
Conforme já mencionei, a parte de dentro dos desenhos pode e deve ter pequenos espaços, como vemos ao lado.

Use a pinça para encaixar as pastilhas em espaços pequenos, quando os dedos podem atrapalhar e mexer no que já está feito.
Use a pinça para posicionar melhor os pedaços das pastilhas

Um clips aberto também funciona para ajeitar as peças
Um clips aberto também funciona para ajeitar as peças. Eu prefiro usar o clips. Descubra o que você gosta mais para executar essa tarefa. 

Conforme fazemos o mosaico, quando a cola vai secando, é bom pressionar levemente o trabalho já feito, com os dedos.
Pétalas já preenchidas com as pastilhas de vidro
Se alguma pastilha mexer ou levantar, e ficar com a ponta para cima, conseguimos deixa-la novamente nivelada, antes que a cola seque totalmente. Isto é muito importante porque, se algum caco ficar com a ponta para cima, pode machucar alguém depois. É essencial fazer o mosaico plano e bem nivelado, com acabamento perfeito.

Comece os ramos e galhos pelas pontas
Os ramos e galhos devem ser iniciados pelas pontas, como na imagem. 

E depois serem preenchidos até completar o desenho.
Galhos e ramos preenchidos com pastilhas

Corte as pastilhas para preencher o fundo
Fundo
No fundo, a maioria dos cacos pode ser maior que os dos desenhos. Eu os corto na diagonal, pela metade.

Começo colando os cacos nas bordas, e depois preencho a parte interna.
Como disse anteriormente, não é necessário grudar um caco no outro. Deve haver espaços (pequenos) para o rejunte. Em alguns lugares, usaremos cacos menores, onde os maiores não entram.
Preencha o fundo da borda para o centro

Espere o mosaico secar por 24 horas
Quando o mosaico estiver pronto, espere secar por 24 horas. 

A confecção do fundo é muito mais rápida que a dos desenhos, pois não há formas.
Dica – quando colar as pastilhas, a cola pode pegar nos dedos e depois na parte de cima das pastilhas. Tente limpar esta cola antes que ela seque, pois depois é bem mais trabalhoso para remove-la. 
Rejunte
Em um pote, coloque rejunte e um pouco de água. Para peças pequenas, é necessário pouco rejunte. Eu uso um tubo de cola cortado, como mostrei no primeiro post. Para uma bandeja, utilizo metade do pote.
No início, coloque pouca água, e mexa bem. Vá colocando água aos poucos, sempre mexendo bem, prestando especial atenção ao rejunte que fica no fundo, e deve ser misturado. É como bater massa de bolo. A massa, inclusive, fica com uma consistência parecida com a da massa de bolo, somente um pouco mais dura.
Deixe a mistura descansar por 15 minutos e misture novamente.
O rejunte deve ser aplicado com uma espátula de plástico.
Passe o rejunte com cuidado, e deslize a espátula em todos os sentidos, para que a massa preencha todos os espaços.
Aplique rejunte depois do mosaico seco

Nas bordas aplique com o dedo
Nas bordas, passe o rejunte com os dedos, e tente não deixar que o rejunte atinja a madeira. 

Deixe secar por aproximadamente 10 minutos. Nunca deixe por muito tempo, pois, depois que o rejunte seca, é muito difícil limpá-lo.
Deixe o rejunte secar por 10 minutos

Limpe bem o rejunte
Limpe suavemente com uma estopa seca. Não pressione a estopa, pois você pode retirar o rejunte, ainda úmido, dos vãos. O objetivo aqui é tirar o excesso de rejunte, e não limpar tudo.

 Note que nos cantos sobra muito rejunte. Retire o excesso com uma chave de fenda.
Limpe bem os cantos da bandeja

Depois de bem limpo deixe o rejunte secar totalmente
Espere secar mais, por aproximadamente uma hora.

Limpe novamente, agora com uma estopa úmida, para remover o excesso de rejunte.
Agora você pode pressionar a estopa, pois o rejunte, apesar de não estar totalmente seco, não está tão úmido, e está fixado.
Limpe agora com uma estopa úmida
Retire também todo o rejunte das bordas, cantos e, se houver rejunte na madeira, lixe levemente. Aguarde 24 horas para que o rejunte seque totalmente.
Enquanto isso, pinte a bandeja.

Proteja o mosaico para fazer a pintura
Para fazer a pintura proteja as bordas do mosaico com fita crepe. 

No outro dia, limpe novamente o mosaico com uma estopa úmida. Se notar que sobrou rejunte em algumas pastilhas, assim como cola seca, retire com a chave de fenda.
Deixe tudo perfeito para a aplicação do verniz.

Aplique o verniz com uma estopa
Finalização do trabalho – Verniz Acrílico
Aplique o verniz acrílico com uma estopa, esfregando bem, para proteger seu trabalho. O objetivo aqui é proteger o rejunte, e não as pastilhas.
Logo depois de aplicar o verniz, limpe com uma estopa nova e limpa, para tirar o verniz das pastilhas. Tem que ser rápido, pois ele seca e é difícil tirar. O verniz penetra rapidamente no rejunte, então não tenha receio, pois ele não será removido de lá.
Não exagere no verniz, pois ele rende muito.

Vero Kraemer nossa professora de técnicas de mosaico
Sou a Vero Kraemer colunista sobre mosaicos para a Vila do Artesão.
Visitem o Além da Rua Atelier e conheçam todo o meu trabalho.